ALEJANDRO DRAGO

Violino

 

Ministério da

Cultura apresenta

Indicado pelos críticos como “um músico magnífico que, sem esforço, combina o virtuosismo clássico de um Heifetz ou Perlman com o suave estilo 'café concerto' de Florián Zabach e a soltura de Stephane Grapelli”, a versatilidade musical de Alejandro Drago lhe permite empreender exitosamente a execução de programas tão diversos como o ciclo das Seis Sonatas para Violino Solo de Eugène Ysaÿe, a estréia de seu próprio arranjo das conhecidas “Cuatro Estaciones Porteñas” de Astor Piazzolla na Áustria, a estréia mundial do Concerto para Violino de Arthur Barbosa nos Estados Unidos, e apresentações como solista com importantes orquestras nos Estados Unidos. Sua discografia, na França, nos EUA e na Argentina, inclui quartetos de cordas, concertos, tangos de vanguarda para o selo EMI International, e obras para violino solo.

Natural da Argentina, Alejandro Drago tem se apresentado nos Estados Unidos, Rússia, Áustria, Lituânia, Bielorússia, França, Ex-Jugoslávia (Sérvia, Bósnia e Herzegovina), Roménia , Portugal, Brasil, Paraguai, Haiti, Equador, Panamá e Colômbia, em  prestigiosas salas de concerto, tais como a Grande Sala do Conservatório de Moscou, a Sala Filarmônica de São Petersburgo, Teatro Colón em Buenos Aires, o Kennedy Center nos EUA e o Kolarac Zal de Belgrado.  

Sua formação musical começou quando, ainda menino, acompanhava sua mãe, bailarina profissional de tango, aos lugares onde ela dançava. Ali conheceu Antonio Agri, que foi, por muitos anos, violinista de Astor Piazzolla. Agri o recomendou a um membro de seu grupo, quem o ensinou as bases da teoria musical. Graças a uma bolsa do governo russo, obteve sua graduação em interpretação e pedagogia do violino, em 1996, no Conservatório Tchaikovsky de Moscou, sob orientação da professora Marina Yashvili. Recebeu importantes bolsas de estudo e subsídios, e foi ganhador de diversos concursos nacionais e internacionais em Itália, Jugoslávia, e Argentina. No Brasil, Alejandro Drago é, desde 2004, professor de violino do Festival “Música nas Montanhas” de Poços de Caldas, Minas Gerais.

Paralelamente à sua carreira como intérprete, desenvolve uma intensa atividade como maestro e professor de violino. Obteve seu doutorado em regência orquestral na Universidade do Sul do Mississippi e, por três anos, acumulou os cargos de maestro assistente da Orquestra Sinfônica do Sul do Mississippi, maestro titular da Orquestra de Câmara do Sul do Mississippi, e professor de violino na Universidade William Carrey, em Hattiesburg, Mississippi. Atualmente, mora em Grand Forks, North Dakota-EUA, onde ocupa o cargo de maestro titular da Orquestra de Câmara de da Universidade de Dakota do Norte e professor de violino e viola da mesma instituição. Recentemente, foi designado Diretor Artistico da Buffalo Commons Chamber Music Society com base em North Dakota, e Regente Titular da Buffalo Commons Chamber Orchestra, com a qual tem se apresentado em diversas cidades de North Dakota e Minnesota.

55 49 3221-3377 ou 3388

Circuito de Festivais | 2019 | Direção Artística: Maestro Jean Reis