Lyndon Taylor

Violino

O violinista LYNDON JOHNSTON TAYLOR vem de uma família de excelência musical. Enquanto seus pais formavam um reconhecido  duo de piano, ele e seus irmãos se apresentavam em concertos como Taylor String Quartet, aparecendo extensivamente em todo os Estados Unidos e no exterior, incluindo performances em mais de 50 faculdades e universidades, em rádio e TV nacional na Grã-Bretanha, Suécia e Noruega. Enquanto na escola secundária, Taylor recebeu treinamento dos mais representativos quartetos de cordas dos Estados Unidos.

 

Taylor obteve um diploma de licenciatura em química e obteve formação em medicina e biologia celular em preparação para uma carreira em pesquisa médica. Mas depois de dois anos em um programa de MD-PhD, ele reconheceu sua paixão pela música e obteve um cargo de docente na Universidade de Redlands.

 

Completou o mestrado em Música da Universidade Estadual da Califórnia Northridge e o Doutorado em Artes Musicais na Juilliard School sob a orientação de Dorothy DeLay, onde recebeu a Bolsa Fritz Kreisler.

 

Taylor recebeu inúmeras honras e prêmios, entre eles o Coleman Chamber Music Award, a Orquestra Cívica de Chicago Soloist Auditions, o Joseph Fischoff National Chamber Music Competition, o Lipizer International Competition (Itália) e o 2000 Adventist Alumni Achievement Award para as artes.

 

O Dr. Taylor foi professor na Universidade de Redlands, Andrews University, La Sierra University e USC Thornton School of Music. Ele é atualmente o professor de Benjamin H. Culley em residência no Occidental College.

 

A carreira de orquestra de Taylor começou como Spalla das orquestras sinfônicas de Redlands e Riverside simultaneamente. Foi também membro do Concerto Solistas da Filadélfia.

 

Entre 2007 e 2011, Taylor serviu como Spalla associado da Orquestra Sinfônica da Nova Zelândia.

 

Lyndon Taylor ocupa a cadeira Dorothy Rossel Lay como Spalla dos Segundos Violinos da Los Angeles Philharmonic sob a direção de Gustavo Dudamel.

 ​

55 49 3221-3377 ou 3388

Circuito de Festivais | 2019 | Direção Artística: Maestro Jean Reis